Ads Below The Title

Justiça manda soltar suspeita de integrar grupo de hackers


O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) decidiu soltar o primeiro dentre os seis presos na investigação sobre as supostas invasões de aplicativos de mensagens de autoridades, de acordo com o Estadão.
O grupo de hackers é suspeito de ter grampeado o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, procuradores da Lava Jato, ministros de Estado e de tribunais superiores.
Ontem (2) a Quarta determinou a soltura de Suelen Priscila de Oliveira, que pode cumprir medidas alternativas à prisão, como a proibição de contato com investigados. 
Por outro lado, o colegiado negou soltar o DJ Gustavo Santos, companheiro de Suelen, e o motorista de Uber Danilo Marques, mantendo a decisão da 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal.
Outros três investigados, Walter Delgatti Neto (o “Vermelho”), Thiago Eliezer e Luiz Molição também estão presos e não tiveram seus casos analisados na sessão.
Suelen foi presa em Araraquara na primeira fase da operação Spoofing, deflagrada pela Polícia Federal, em 23 de julho, sob a acusação de integrar o grupo de invasores.
Justiça manda soltar suspeita de integrar grupo de hackers Justiça manda soltar suspeita de integrar grupo de hackers Reviewed by REDAÇÃO on outubro 03, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário

Ads Inter Below The Post

Politics

Image Link [https://lh3.googleusercontent.com/-wlvSkBWGUW0/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAxU/6FpWSjn-h2o/s120-c/photo.jpg] Author Name [Sora Templates] Author Description [Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard] Facebook Username [#] Twitter Username [#] GPlus Username [#] Pinterest Username [#] Instagram Username [#]